Histórico

 

O domínio do conhecimento e a formação de profissionais em Tecnologia de Informação, especificamente na área de Computação, é determinante para uma participação ativa na Sociedade da Informação e nas relações entre as nações. O domínio, evolução e a disseminação desse conhecimento é papel central das universidades, em colaboração com outros setores da sociedade.

O ICMC-USP oferece o curso de Bacharelado em Ciências de Computação desde 1979 em período integral. Inicialmente com  40 vagas anuais, teve este número ampliado para 100 em 2003. Este curso é classificado pelo SESu/MEC como um curso que tem a computação como atividade fim e visa a formação de recursos humanos para o desenvolvimento científico e tecnológico da computação. O MEC também sinaliza a relevância de cursos que tem a computação como atividade meio, denominados de Bacharelado em Sistemas de Informação, que visam a formação de recursos humanos para automação dos sistemas de informação das organizações. Esses cursos reúnem a tecnologia da computação e a tecnologia da administração e, portanto, possuem, de ambas as áreas um enfoque pragmático forte e menos teórico. Estima-se que o mercado necessite de 50 a 75% de egressos desses cursos sobre o total de egressos necessários para o mercado de computação e, dadas as suas características, podem também ser desenvolvidos no turno noturno.

Na década de 90, o departamento de Ciências de Computação e Estatística do ICMC (SCE) passou a considerar algumas alternativas para aumentar a oferta de vagas e aproveitar mais eficientemente a infra-estrutura e recursos humanos disponíveis. Essas ponderações culminaram, em 1998, na criação do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação, que de certa forma contribuiria para a diversificação das atividades de ensino e pesquisa do SCE e que atenderia a uma demanda regional de formação de profissionais competentes nesta área. Deve ser observado que a região de São Carlos é uma região caracterizada por intensas atividades de pesquisa e desenvolvimento em alta tecnologia.

O curso de Bacharelado em Sistemas de Informação é ofertado no período noturno em consonância com a disposição da constituição estatal que prevê a oferta de 1/3 do total dos cursos das universidades neste período. Por ser um curso noturno, ele atende às expectativas de uma gama maior de candidatos.  A primeira turma do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação teve início no ano de 1999 e está agora em sua 12ª turma (2010).

A formação básica e tecnológica do aluno do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação é semelhante a do curso de Bacharelado em Ciências de Computação do ICMC-USP, principalmente no que diz respeito às disciplinas de programação e fundamentos matemáticos. As diferenças maiores estão, principalmente, nos dois últimos anos, quando o aluno do Bacharelado em Sistemas de Informação tem sua formação voltada para áreas de Sistemas de Informação e humanística. Essas áreas trazem conhecimentos das áreas de administração, gerenciamento de projetos, economia, contabilidade, ética e empreendedorismo. Isso permite uma interação dos egressos com outras profissões, proporcionando a eles uma dimensão social e humana mais abrangente.

Os Sistemas de Informação, como área de pesquisa, englobam duas grandes linhas: (a) aquisição, desenvolvimento e gerenciamento dos recursos e serviços da tecnologia da informação e (b) desenvolvimento e evolução de sistemas e infra-estrutura tecnológica para uso em processos organizacionais. Ambos os aspectos são amplamente cobertos pelo currículo proposto.

 



UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO - USP

Avenida Trabalhador São-carlense, 400 - Centro
CEP: 13566-590 - São Carlos - SP

Latitude: -22.0055948
Longitude: -47.8933842

VER NO MAPA ACESSE O PORTAL

TELEFONE

55 (16) 3373-9700

FAX

55 (16) 3373-8888

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

MAPA DO SITE
  • LOGOFF
    Usuário:


    Nível:
  • ÁREA RESTRITA
Loading